Descubra a importância da manutenção preventiva em sua impressora

Descubra a importância da manutenção preventiva em sua impressora

A impressora é um objeto bastante útil em empresas e também para uso doméstico. Além de imprimir documentos, muitas delas escaneiam e ainda funcionam remotamente, de qualquer parte da casa.

 

Os tipos mais comuns de impressora

Para entendermos melhor sobre a manutenção da impressora, é preciso saber o tipo de impressora que se tem, pois cada uma possui um sistema peculiar. Vamos conhecer os principais tipos de impressora:

  • Matricial: a chamada matriz de pontos e a margarida;
  • Jato de tinta: imprime no papel em pequenas gotas de tinta;
  • Jato de cera: imprime no papel, só que com tinta em cera;
  • Laser: no lugar de um cartucho, elas utilizam um toner de tinta;
  • Térmica: a tinta é aquecida em uma parte interna e realiza a impressão no papel;
  • Plotter: é um tipo de impressora que faz banners, cartões de visita, adesivos e cartazes.
  • Sublimação: são impressoras que transformam a tinta sólida em gasosa diretamente no papel ou objeto.

 

Manutenção preventiva na impressora

Essa manutenção visa prevenir estragos, erros e outros imprevistos ocorridos na impressora, principalmente para o uso em escritório (sendo mais constante).

– As impressoras usadas em escritório devem realizar a manutenção a cada seis meses.

– Já as de uso doméstico, podem passar pela manutenção entre oito e doze meses – ou de acordo com as especificações do fabricante.

– Geralmente, algumas empresas terceirizam o trabalho de manutenção preventiva nas impressoras (chamado de outsourcing), que são especializadas no ramo.

– Etapas da manutenção preventiva na impressora: limpeza, lubrificação e regulagem.

A limpeza é feita retirando cada parte da impressora separadamente (geralmente com álcool líquido e um pano limpo), depois deve-se colocá-los de volta com cuidado. Depois, a lubrificação é feita em cada peça com um produto específico.

Por fim, faz-se a regulagem da impressora, verificando o nível de tinta, marcações de temperatura, pressão e voltagem.

Os aparelhos eletrônicos no geral, sofrem desgastes e avarias à medida que vão sendo utilizados no dia a dia. Por isso é importante atentar-se para o prazo correto da manutenção preventiva, aumentando o tempo de vida útil do produto.

Existe também a manutenção corretiva, que como o nome mesmo sugere, trata-se de reparar um dano ocorrido na impressora ou em outro aparelho eletrônico.

O problema é que, em alguns casos, não é possível recuperar o aparelho com a manutenção corretiva, acarretando em prejuízo e perda total do produto.

 

Aplicação da manutenção preventiva em diversos aparelhos e produtos

A manutenção preventiva e corretiva pode ser feita também em:

  • Computadores e notebooks
  • Mouses
  • Teclados
  • Celulares e smartphones
  • Televisão
  • Telas de computador
  • Ipads
  • Carros e motos
  • Rádios
  • Antenas
  • Roteadores
  • Máquinas de todos os tipos

Efetuando a manutenção periódica nos aparelhos eletrônicos, vários benefícios podem ser vistos:

– Redução dos custos (na compra de um aparelho novo, por exemplo);

– Mantém a plena eficiência e vida útil dos produtos;

Cuidando bem dos aparelhos eletrônicos e produtos em geral, a economia para o bolso será enorme, podendo assim investir o dinheiro em outros planos e projetos importantes.

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Open chat